Avançar para navegação

Em pouco mais de uma década, James Watt e Martin Dickie transformaram as suas cervejas "punk" num negócio de mil milhões de libras. E agora criaram uma "IPA transatlântica" para comemorar o centenário da British Airways. Eles revelam os seus segredos de viagem e como produzir uma cerveja a 40.000 pés.

Fale-nos do fabrico da Speedbird 100 IPA.

JW A primeira vez que fizemos a cerveja foi num 787 Dreamliner. Para celebrar a nossa parceria com a British Airways e para criar algo diferente que nunca tivesse sido feito antes, produzimos o primeiro lote a 40.000 pés.

MD Foi um projeto super divertido. Quando estamos a grande altitude num ambiente pressurizado, os nossos sentidos não funcionam tão bem quanto deveriam. É como se tivéssemos uma redução de 30 por cento na nossa capacidade de sentir os sabores doces e salgados. Relevante é que os sabores amargos e frutados não são de todo afetados. Assim, focámo-nos numa cerveja Ale ligeiramente turva, 4,5%, e carregámo-la de lúpulos frutados, muito intensos, para obter um delicioso primeiro sabor cítrico.

Como se sentem enquanto heróis do BA 100?

JW É a primeira vez que nos perguntam isso. Em primeiro lugar, estou muito entusiasmado por estar a trabalhar com a British Airways. Passo quase tanto tempo em voos da British Airways como em casa devido a termos tantos negócios no estrangeiro. Voo sempre na British Airways. E de um ponto de vista mais egoísta, estou muito contente por poder beber uma cerveja que adoro nos voos da British Airways.

Qual foi a sua experiência de viagem preferida?

JW Fui a San Diego quando começámos a exportar as nossas cervejas para a América e ver as nossas cervejas à venda naquele que é o epicentro da produção do tipo de cervejas que fazemos foi de facto um momento extraordinário.

MD Ir casar-me a Las Vegas. Fizemos uma estimativa do que gastaríamos a convidar algumas centenas de pessoas para o nosso casamento e gastámos esse mesmo valor numas férias para nós próprios em Las Vegas.

Que país lhe traz melhores memórias?

JW Adoro ir ao Japão, que é um grande mercado de exportação para nós. Tóquio é uma cidade fantástica com pessoas excecionais e uma energia incrível.

MDJá visitei a maioria dos estados da América. Há tantos sítios espetaculares por todo o país.

Qual ´´e o vosso conselho de viagem ou dica para fazer a mala?

JW Quando vais a algum lado, deves beber uma cerveja e um café por cada hora de diferença horária. O que significa que, se fores a Tóquio, deves beber onze cervejas e onze cafés no primeiro dia. Apagará o efeito de qualquer diferença horária.

MD Em vez de viajares com garrafas de cerveja, deves viajar com latas de cerveja. É muito menos provável que se partam.

Quais são os vossos lugares preferidos no Reino Unido?

JW Edimburgo é uma cidade fenomenal. E também qualquer ilha da costa ocidental da Escócia para relaxar.

MD Skye é um lugar incrível. E Aberdeenshire é um sítio excelente para fazer atividades ao ar livre. Há praia, montanha para andar de bicicleta e caminhar, e não é tão húmido como se pensa!

Qual é o vosso sítio preferido para ir beber um copo ou jantar?

JW Som Saa, um restaurante tailandês fenomenal em Spitalfields.

MD Eu diria o nosso bar Tower Hill, que tem uma lista de cervejas fabulosa, comida deliciosa e uma cervejeira.

Qual foi a coisa mais louca que fizeram pela BrewDog?

JW Fizemos uma projeção da nossa imagem, nus, a 24 metros de altura, nas Casas do Parlamento, produzimos uma cerveja por baixo da superfície de um lago gelado no Michigan, conduzimos um tanque pelas ruas de Londres, embalámos uma cerveja com 55% de taxidermia…

MD … e produzimos uma cerveja num 787 Dreamliner.

Crie uma viagem

Crie uma viagem
MultiCity
Tipo de viagem
Mais informações
Tipo de bilheteMais informações
PassageirosExplicação de "jovens adultos".