O que comer na Grã-Bretanha e na Irlanda?


Eloise Barker

Fotografia principal - The Ivy Shepherd's Pie de David Griffen

Avançar para navegação

Atualizado em novembro de 2018

Conheça a gastronomia da Grã-Bretanha. A comida é simples, saudável e reconfortante. Somos uma nacão de amantes de comida (de animais). Há várias opções vegetarianas e vegan, além de alguns dos mais altos padrões de bem-estar animal do mundo. Descubra onde os amantes de comida se podem deliciar no Reino Unido e na Irlanda.

Comece com um snack

Tradicional: as tartes de carne de porco de Melton 

Com uma massa estaladiça e recheio de carne, as tartes de carne de porco são um deleite. Foi bastante popular entre os caçadores de raposas por serem fáceis de comer e agora estão à venda nos supermercados no Reino Unido. A associação Melton Mowbray Pork Pie estipula que uma tarte autêntica da Melton Mowbray deve conter carne de porco não curada e ter uma forma macia e . Para conhecer as origens destas tartes, visite o Dickinson & Morris, no centro da cidade de Melton Mowbray, em Leicestershire.

Com um toque: Lady’s Fingers

Desde que a Grã-Bretanha declarou o frango tikka masala como o seu prato nacional, um bom restaurante indiano não pode faltar num mapa gastronómico das Ilhas Britânicas. Embora todas as cidades tenham um Tandoori local, experimente o Dishoom para se deliciar com uma cozinha moderna e sofisticada, em Bombaim. A cadeia começou em Londres, mas recentemente abriu um posto avançado em Edimburgo. Se não quiser experimentar o caril de carne, peça as famosas batatas vegetarianas de quiabo (conhecidas como dedos de moça).

Onde ficar

Depois de se deliciar com a refeição, relaxe no Principal Hotel Edinburgh, cujo edifício é um conjunto de casas de estilo georgiano.

  • Uma seleção de pratos de Dishoom. ©Dishoom.

    Não jantes apenas

    Tal como famoso Ruby Curry, o Dishoom é famoso pelos seus menus de brunch. Reserve umas férias para Edimburgo para descobrir o resto da cena gastronómica.

    Reservar voos

Almoço num pub

Tradicional: O seu pub local

Comida de pub é o bastião da cozinha britânica. O resto da Europa pode ficar com os cafés, os britânicos têm o "pub local", ou seja, o pub mais perto da sua casa. Aqui as ideias gastronómicas misturam-se com puré e os amigos encontram-se para comer "fish and chips". Um almoço num pub pode ser salsichas e puré (ou seja, salsichas e puré de batata) ou um curry pouco picante. Em Dublin, procure um local para comer um guisado irlandês – um prato simples de carne de borrego, acompanhado de batatas e salsa. Experimente no The Brazen Head, um pub que já viu acontecer de tudo um pouco. Foi fundado em 1198.

Com um toque: Um wrap de chouriço preto de Yorkshire

O famoso "Sunday Roast" é um prato perfeito. Este prato de 3.000 calorias inclui carne vários vegetais, molhos e recheios. Mas tem havido um desenvolvimento recente: os chefs começaram a envolver o preto num chouriço preto de Yorkshire achatado, com um molho de carne. Voilà – um chouriço preto de Yorkshire. Começou, sem surpresas, no The York Roast Co. em York Minster. Experimente as várias versões de pernil de porco no menus de pubs.

Onde ficar

Em Dublin, não há hotel melhor para ficar mais perto da ação: Temple Bar Hotel. Situado na parte mais calma desta famosa área, é moderno e funcional.

Uma cerveja rápida

Tradicional: Fábrica da Guinness, na Irlanda

Uma viagem à Irlanda não fica completa sem uma visita à Guinness Storehouse na St James’s Gate Brewery. A atração mais popular da Irlanda é uma visita guiada das instalações que começa dentro (sim, dentro) do maior copo de Guinness do mundo e termina com uma pint (cerveja). Embora não seja possível ver a fábrica, esta visita dá vida ao processo de fazer cerveja. A famosa cerveja preta é conhecida no mundo inteiro pelas suas peculiaridades. Por exemplo, são precisos dois minutos para tirar uma pint perfeita, com bilhas de azoto, o que cria a famosa espuma.

Com um toque: BrewDog

BrewDog é uma história de sucesso escocesa, uma cervejaria artesanal criada em 2007, que já existe em supermercados no país inteiro. A cervejaria BrewDog fica perto de Aberdeen, na Escócia. É moderna e gerida por barbudos "hipsters" com um amor sincero pelo lúpulo e um desrespeito pela autoridade (eles já tiveram problemas mais de uma vez devido aos nomes arrojados). A visita à Dogwalk Brewery inclui quatro degustações, além de uma visita à cervejaria Brewhouse e linha de produção.

Onde ficar

O Ashling é um hotel elegante de quatro estrelas, situado no coração de Dublin. É um local maravilhoso para relaxar depois de uma visita à cervejaria Guinness Brewery.

  • Scones com natas extra-gordas com chá em Dartmoor, em Devon. ©zuellen.
  • Visitantes a sair da Guinness Storehouse, em Dublin, na Irlanda. ©Guinness & Co 2016.

    Tudo sobre a cerveja preta

    A Guinness tem mais de 250 anos de idade e dizia-se que tinha propriedades medicinais. Infelizmente, não há muitos médicos a indicá-la como remédio.

    Reservar voos
  • O original wrap de chouriço preto de York, no The York Roast Co. ©The York Roast Co.

    Contos dos vales

    York fica a cerca de 2 horas de carro de Newcastle, um pouco mais se for pela estrada pitoresca ao longo dos vales de Yorkshire (Yorkshire Dales) Delicie-se com o famoso Yorky Pud Wrap (wrap de chouriço preto).

    Reservar voos

Boa gastronomia

Tradicional: The Ivy

O Ivy é um local icónico em Londres. Nos anos 90, era onde as celebridades iam almoçar. A lista de espera era longa e a comida nem era o elemento principal. Era mais importante ver a Tara Palmer-Tomkinson sentada na mesa ao lado. Hoje em dia, a marca tem alguns espaços no Reino Unido, incluindo na belíssima cidade de York. Sente-se numa praça antiga e experimente os tradicionais clássicos britânicos. E diga a toda a gente que almoçou no The Ivy

Com um toque: The Fat Duck

Quando Heston Blumenthal abriu o The Fat Duck na soalheira Bray, em Berkshire, as suas combinações gastronómicas fora do comum foram notícia: bacon com gelado de ovo! Papas de aveia com caracóis! Mas não se trata apenas de dar nas vistas. Heston Blumenthal é um dos melhores chefs da Grã-Bretanha. A sua equipa cria pratos com base em tudo, desde a primeira viagem que fez ao ao litoral a uma casa de bonecas que abre revelando "petit-fours". É necessário marcar mesa com antecedência. Também pode visitar o The Hand and Flowers, na cidade de Marlow, que fica mesmo ao lado. Experimente as papas de aveia sofisticadas do chef Tome Kerridge.

Onde ficar

Se gosta de Heston, porque não ficar no The Randolph, em Oxford, a uma hora de distância de carro. É bastante confortável e ideal para relaxar depois do lanche.

Algo forte

Tradicional: Scottish Whisky

O segredo do whisky escocês e irlandês é a trufa local e a história. A paisagem pantanosa é escavada e queimada para tornar o whisky sedutoramente esfumaçado e os barris têm séculos de idade. Tome um gole de whisky e depois compre uma garrafa. Qualquer escocês lhe dirá que é delicioso borrifar umas gotas da bebida nas papas de aveia com um pouco de natas e sal pela manhã.

Com um toque: vinho espumante Chapel Down, o champanhe

que se cuide. O Sudoeste de Inglaterra está a ganhar fama graças ao vinho espumante e os críticos aprovam. Chapel Down faz uma das melhores versões na soalheira cidade de Kent. Não é barato, mas é de elevada qualidade: seco, borbulhante e fresco. Compre garrafas no Waitrose ou na vinha. Pode fazer um passeio, sem qualquer custo, nas vinhas e aproveitar a natureza de Kentish. Os fãs de vinho vão querer marcar uma visita com degustação.

Onde ficar

O Perthshire Palace fica situada à mesma distância de Edimburgo e Inverness. Tem campo de ténis e uma piscina interna.

  • Chapel Down Kit's Coty Vineyard. ©Chapel Down.

    O jardim de Inglaterra

    Um terço de Kent é considerado uma área de grande beleza. As papoilas florescem nas encostas no verão e os pomares enchem-se de maçãs no outono. Não perca uma visita no The Chapel Down Winery67€ ida e volta

    Reservar voos

Chá da tarde

Tradicional: High Tea

Chá da tarde elegante e hotéis combinam muito bem, assim como uma chávena de Earl Grey e uma fatia de limão. Prepare-se para um carrossel de três camadas de delicados sanduíches, scones e petit fours. O tradicional chá da tarde é servido das 15h00 às 16h00 da tarde e o nome vem do facto de que é servido em cadeiras altas, em vez de em poltronas e mesas baixas. O Balmoral, em Edimburgo, serve chá da tarde no famoso restaurante Palm Court.

Com um toque: Rosylee Tearooms

O Rosylee Tearooms no Northern Quarter, em Manchester, abriu em 2013. Este restaurante luminoso e elegante faz tudo do zero. Para o chá da tarde, as cozinhas preparam um expositor com scones artesanais com Tiptree e natas extra-gordas.

Onde ficar

Em Manchester, o belíssimo Lowry Hotel serve chá da tarde com Bellinis e G&Ts.

Gulodice

Tradicional: gelado de natas extra-gordas

As natas extra-gordas são feitas no West Country. São cozinhadas em banho maria, até atingirem o ponto certo de consistência. Dorset, Devon e a Cornualha rivalizam sobre quem faz as melhores natas, com scones com cobertura de natas extra-gordas. No entanto, há um claro vencedor para o gelado: a Cornualha faz o melhor com natas extra-gordas. Não, não é sabor a baunilha, é sabor de natas: puro, simples e com uma textura deliciosa. A Cornualha é uma excelente última paragem de um passeio para fãs de comida: a "Riviera inglesa".

Com um toque: Cadbury World

A Cadbury, a famosa confeitaria britânica é um conjunto de marcas chocolateiras. Os chocolates ingleses e americanos têm um gosto diferente – tem a ver com a quantidade de sólidos de cacau que cada um contém – e poderá sentir a diferença clara nas guloseimas britânicas. O melhor da visita ao Cadbury World perto de Birmingham? Bares e bares de chocolate grátis e a maior loja Cadbury do mundo, no final da visita. Perca-se num mundo de chocolate.

Onde ficar

Para aproveitar ao máximo a "Riviera francesa", vale a pena ir ao The Pig at Coombe, com enormes paredes adornadas, em Devon para experimentar mais delícias com natas extra-gordas.

Festival gastronómico?

Tradicional: Loch Lomond Food & Drink Festival

O festival gastronómico de Loch Lomond, em setembro, acontece quando as belas florestas da fronteira com a Escócia começam a revelar as cores do outono. Deliciar-se com salmão curado no Argyll Smokery dá um toque ainda mais de outono ao ambiente. Mas se não puder ir em setembro, vá ao Luss Seafood Bar e experimente o whisky da Loch Lomond Distillery.

Com um toque: Cheese Fest (Festival do queijo)

Embora o Loch Lomond Food Festival não seja antigo (começou apenas em 2005), já vem sendo habitual como o novo festival de queijo do Reino Unido, que visita cidades como Bristol e Glasgow. Veja demonstrações, competições e degustações e também os queijos ingleses Red Leicester, Stinking Bishop, Stilton e Cheddar.

Onde ficar

Glasgow fica a uma hora de carro de Loch Lomond. Fique no moderno Indigo Glasgow, um hotel de quatro estrelas no centro da cidade.

outros links
Logótipo da British Airways.