Três viagens americanas épicas


Por Chris Leadbeater

Fotografia de Feng Wei Photography/Getty Images

Avançar para navegação

Março, 2017

Com belíssimas paisagens, cidades fascinantes e estradas amplas perfeitas para viagens de carro, o terceiro maior continente do mundo tem uma oferta de aventuras de todo o tipo em cada lugar. O escritor de viagens Chris Leadbeater destaca três itinerários imperdíveis que vai querer adicionar à sua lista de destinos para conhecer.

Excursão às cidades da costa este

Ideal para... turistas de cidade com um espírito intrépido

Boston – Nova IorqueFiladélfiaWashington DC

A viagem: 450 milhas

Uma das vantagens do nordeste da América é que tem quatro das maiores cidades muito perto umas das outras. Este é o legado da forma como os Estados Unidos da América nasceram e se desenvolveram nos séculos XVIII e XIX . Agora, no século XXI, a viagem de carro nestas quatro cidades é inesquecível.

Comece em Boston. A capital do Massachusetts esteve no cerne da colonização da América na década de 1620. O Freedom Trail é um percurso de cerca de 4 km pelo centro da cidade, que passa por 16 sítios de destaque na luta contra a Grã-Bretanha nas décadas de 1770 e 1780.

Uma das vantagens do nordeste da América é que tem quatro das maiores cidades muito perto umas das outras

Mas há muito mais para contemplar em Boston do que o passado. No verão, visite o Fenway Park, cidade natal dos Boston Red Sox. A cidade está repleta de comida excecional, quer sejam as pizzas e massas dos restaurantes de Little Italy, quer sejam os pratos de peixe servidos nos melhores restaurantes como o Legal Sea Foods

Once you’ve had your fill, hire a car and hit the road in search of New York, which lies 215 miles southwest. You could spend a lifetime sampling its delights, from the cityscape visible from the roof of the Empire State Building to the gilded department stores of Fifth Avenue. Burnish your evenings by discovering the chic bars of Brooklyn – or the superb culinary scene that dominates West 46th Street in Hell’s Kitchen.

O percurso atéFiladélfia faz-se facilmente atravessando Nova Jérsia até à Pensilvânia. Orgulhando-se de ser o berço da democracia americana, esta metrópole tão subvalorizada conta a sua contribuição para a independência no National Historical Park, uma viagem ao passado que conta como o Independence Hall assistiu às conversações que deram origem à Declaração da Independência em 1776. O brilhante Museum of Art inclui obras de Picasso e Dali, enquanto o Pat’s King of Steaks serve a sandes de carne típica da cidade – o Philly Cheesesteak.

  • Veja um jogo de beisebol no estádio Fenway Park, em Boston © Alamy

    Home run

    Os assentos do estádio Fenway Park são todos verdes, com exceção de um único lugar nas bancadas direitas do campo. Segundo o Baseball Almanac, o lugar 21 da secção 42, fila 37 marca o local onde caiu a bola no home run mais longo de sempre do estádio, conseguido por Ted Williams dos Boston Red Sox em 1946.

    Procurar voos para Boston
  • Outra vista da cidade nas alturas do Empire State Building, em Nova Iorque © Maico Presente/Getty Images

    Subida ao topo do Empire State

    Todos os anos no Dia dos Namorados, os casais que casam no 80º andar tornam-se membros do Empire State Building Wedding Club, o clube de casamentos do emblemático prédio. Os casais têm entrada gratuita para o andar de observação todos os anos no dia 14 de fevereiro (a data de aniversário) daí em diante.

    Reserve bilhetes
  • O Lincoln Memorial, em Washington, é uma homenagem ao 16º Presidente dos Estados Unidos da América, Abraham Lincoln © Trevor Carpenter/Getty Images

    Sabia que...?

    Apesar de os esforços para erigir um tributo a Abraham Lincoln terem começado logo após o seu assassinato em 1865, foram precisos mais de 50 anos para construir o memorial e abri-lo ao público. Devido aos atrasos no planeamento e na construção do projeto e à Primeira Grande Guerra, o memorial só abriu em 1922.

    Voe para Washington DC

Partindo daqui, Washington DC fica a cerca de 225 km para sudoeste. Há pouco por dizer em matéria de apresentação da capital dos EUA. O Washington Monument e o Lincoln Memorial são tributos famosos à vida política,. A Smithsonian Institution agrupa, seguramente, o maior conjunto de museus do planeta no mesmo espaço (o National Air and Space Museum é notável), mas DC também tem os seus “segredos”. A U Street é uma mescla riquíssima entre a herança afro-americana e bares elegantes, enquanto a 14th Street NW tem alguns dos restaurantes mais interessantes da cidade, como o Lupo Verde e o seu menu composto por deliciosos pratos italianos.

Onde ficar

Cada uma destas quatro cidades fantásticas está repleta de opções de alojamento interessantes. Boston tem o Omni Parker House, um hotel de cinco estrelas de alta qualidade presente na capital de Massachusetts desde 1855. Nova Iorque mostra a sua faceta mais moderna no McCarren Hotel de quatro estrelas, que fica situado em Williamsburg, o bairro vanguardista de Brooklyn. O Loews Philadelphia com os seus detalhes Art Déco e o chão em granito preto está classificado como monumento histórico nacional. E o Washington Hilton tem a localização perfeita para uma escapadinha na capital, mesmo junto ao central Dupont Circle.

Quando ir

No mês de maio, quando Nova Iorque e Boston já saíram do inverno e Washington ainda está longe do calor húmido que é mais forte no verão.

O melhor do oeste (e arredores)

Ideal para fãs das paisagens americanas

Los AngelesHonoluluPhoenix

A viagem - 5700 milhas (a maioria por ar

Los Angeles é uma cidade que facilmente capta a sua atenção e o deixa com vontade de passar aí umas férias inteiras. Muito soalheira, tem muitos lugares bonitos em frente ao mar além da praia de Santa Mónica. A cena cultural conta com uma lista interessante de paragens obrigatórias como o Museum of Contemporary Art, o espetacular parque temático e cinematográfico Universal Studios Hollywood, além dos restaurantes na recuperada área da baixa. Um roteiro urbano variado e imperdível.

  • O paraíso fica aqui: Oahu no Havai © Robert Cravens/Getty Images

    Digno de filme

    O Havai é o único estado dos EUA que ainda presta homenagem a um monarca. Os habitantes locais celebram o Dia do Rei Kamehameha a 11 de junho numa celebração que evoca a união das ilhas havaianas em 1810 e o primeiro líder do arquipélago.

    Descubra o Hawai

Se as praias de LA são fotogénicas, pare para imaginar as reentrâncias que decoram a costa do Havai. Se dispensar cinco horas do seu tempo, poderá vê-las ao vivo e a cores. A American Airlines, uma companhia parceira da British Airways, voa diretamente de LAX para Honolulu, a reluzente capital do estado do Havai, localizada na costa sul da ilha de Oahu. Aqui, pode preguiçar na costa onde a famosa praia de Waikiki é banhada pelo Pacífico ou optar por conhecer a sombria história de Pearl Harbor e o memorial submerso do USS Arizona no World War II Valor do Pacific National Monument. Em alternativa, pode fazer uma caminhada pelos flancos do Diamond Head State Monument, o monstro vulcânico que emoldura a cidade.

É claro que pode voltar para Los Angeles. Mas a American Airlines também voa de Oahu para Phoenix. Tal como acontece com a cidade de Filadélfia, a capital do Arizona também é um pouco subestimada – o Phoenix Art Museum é um verdadeiro tesouro de criatividade visual, com obras da pintora Georgia O'Keffe. A melhor parte é que a cidade também é um acesso direto ao Parque Nacional do Grand Canyon, a maior cicatriz geológica do Oeste americano.

Onde ficar

Os alojamentos atraentes fazem tão parte da experiência desta viagem quanto os sítios que vai visitar. O Andaz West Hollywood oferece uma dose de luxo tremenda (e uma piscina aquecida no terraço) à zona mais cobiçada de Los Angeles. Tal como o nome sugere, o Hilton Hawaiian Village Waikiki Beach Resort fica mesmo em frente dos areais de Honolulu. E o Westin Kierland Resort and Spa proporciona relaxamento de quatro estrelas junto a Phoenix, em Scottsdale.

Quando ir

Em abril. LA e Oahu têm sempre sol e o Grand Canyon é uma beleza na primavera.

Os portentosos parques naturais do Canadá

Ideal para viajantes de carro que procuram algo diferente

CalgaryBanffJasper

A viagem: 468 milhas

Toronto é conhecida por ter muita vida e coisas para fazer, enquanto Vancouver é uma cidade cosmopolita e sofisticada mesmo à beira do Oceano Pacífico. Vale a pena explorar e há muito a dizer sobre uma viagem de carro numa estrada do país que cruza a região montanhosa da província de Alberta. Aqui Calgary é um ponto de partida excelente. O enclave cosmopolita conta com a música clássica que embala a alma da Orquestra Filarmónica da cidade e tem excelentes restaurantes como o Charcut, um lugar de eleição para quem gosta de carne. Charcut. Também vale a pena subir à Calgary Tower para apreciar a vista lá de cima.

Add a hire car to your booking and venture west. Almost as soon as the city vanishes in your mirrors, the Rockies appear in the windscreen. You could pause to take in the raw beauty and forested slopes of Kananaskis Country, where ranch Rafter Six lets its guests ride out in the saddle. Or you can forge on into the maw of Banff National Park whatever the season – it’s renowned for its ski runs in winter, while in summer, it’s a wonderland for hiking.

Siga viagem para noroeste atravessando o Icefields Parkway que passa pelo enorme Glaciar Athabasca. A estrada também passa pela região de Lake Louise, um lago com águas cristalinas de cor azul turquesa vibrante. A viagem termina em Jasper, mais um destino de esqui onde pode passar noites de outono a contemplar as estrelas no Jasper National Park.

  • O pôr-do-sol no Grand Canyon © SumikoPhoto/Getty Images

    Sabia que...?

    As temperaturas nos desfiladeiros podem variar muito consoante a época e a zona onde se encontre. Nos meses de inverno, as temperaturas no North Rim podem cair até -23˚C, enquanto no desfiladeiro interior podem atingir 47˚C no pico do verão. O North Rim será 1 a 2˚C mais fresco do que o South Rim em qualquer altura do ano.

    Reserve uma excursão
  • A vista vertiginosa da Calgary Tower © frankreporter/Getty Images

    Não olhe para baixo

    Além de proporcionar uma vista de 360 graus da cidade e das Montanhas Rochosas a partir da sua plataforma de observação a 191 m de altura, a torre dispõe também de uma secção com piso em vidro que permite aos visitantes estar mesmo por cima das ruas 9th Avenue SW e Centre Street North.

    Reserve bilhetes
  • O histórico Independence Hall em Filadélfia © Travelif/Getty Images

    Dia da Independência

    Embora a data de 4 de julho assinale o Dia da Independência da América, a maioria dos delegados só assinou a Declaração da Independência em agosto de 1776. No entanto, o dia 4 de julho de 1776 assinala a data em que o Congresso adotou oficialmente a Declaração.

    Descubra Filadélfia

Onde ficar

O Fairmont Palliser é um hotel de quatro estrelas muito agradável e cheio de tradição no centro de Calgary, enquanto o Fairmont Chateau Lake Louise é um majestoso empreedimento caracterizado pelo típico refinamento francês e rodeado de natureza no Banff National Park.

Quando ir

O mês de fevereiro é ótimo para fazer esqui, em junho o tempo está perfeito para fazer caminhadas.

outros links

Logótipo da British Airways.