Viagem literária de carro pela Califórnia


Por Jessica Teas para a revista High Life da British Airways

Fotografia por Getty

Avançar para navegação

Junho, 2016

As pessoas vão para a Califórnia pelo sol e para ver as celebridades, mas as cidades costeiras têm também uma rica herança cultural que manterá os apaixonados da literatura ocupados desde Los Angeles a San Francisco.

Norte da Califórnia

O centro da atividade literária na Califórnia é, sem dúvida, São Francisco. O Beat Museum em North Beach é um santuário para poetas e escritores da Geração Beat e do Renascimento de São Francisco: Kerouac, Ginsberg, Burroughs, Bukowski, entre outros. A City Lights Bookstore, aberta em 1953 pelo poeta Beat Lawrence Ferlinghetti, foi um refúgio para os seus compatriotas. Hoje em dia, ainda lá está no cruzamento entre a North Beach, Chinatown e o Financial District, sendo uma das livrarias e editoras independentes mais duradouras dos Estados Unidos com o formato de livro de bolso.

Com os Contos da cidade, Armistead Maupin criou uma série de livros sobre a transição da juventude até à maturidade que foi acompanhada por uma geração de leitores. A última parte foi recentemente publicada e põe um ponto final nas (des)aventuras sexuais da matriarca do bairro Anna Madrigal e dos diversos personagens que alojava em 28 Barbary Lane na Russian Hill de São Francisco. O próprio Maupin organizou a excursão Tales of San Francisco, o que torna mais fácil encontrar e explorar a São Francisco das páginas dos seus livros.

Encontre os nossos voos mais económicos para São Francisco >

  • Fotografia por DJ Ashton cortesia do Museu Charles M. Schulz e Centro de Pesquisa

    Mundo dos Peanuts

    O Charles M. Schulz Museum tem a maior coleção do mundo de obras originais da banda desenhada Peanuts. Conheça o Great Hall do museu e admire o impressionante mural com 3.588 imagens da obra Peanuts.

    Reserve voos e o aluguer de um veículo

Faça a Highway 101 até Santa Rosa para uma sessão com o Charlie Brown e os seus amigos no Charles M. Schulz Museum. Este museu tem a maior coleção de bandas desenhadas originais de Peanuts, o estúdio do seu criador Schulz e uma sala onde pode experimentar desenhar a sua própria banda desenhada.

Os fãs de Robert Louis Stevenson também podem encontrar a maior coleção pública stevensoniana do outro lado das montanhas Mayacamas no Robert Louis Stevenson Museum dentro de uma ala à parte da biblioteca pública St. Helena Public Library Center. Stevenson e a mulher Fanny foram de lua-de-mel durante dois meses no Vale de Napa, uma experiência em que se inspirou para escrever The Silverado Squatters.

De regresso à área da baía, encontramos os populares Muir Woods and Muir Beach — que têm o nome do autor e fundador de Sierra Club, John Muir, e que se encontram por trás dos promontórios de Marin, longe das luzes da cidade. Muir teve um papel decisivo na preservação de grandes áreas do oeste dos Estados Unidos (tais como Yosemite), e estes dois locais, que ainda que pequenos, são emblemáticos da sua obra.

East Bay foi imortalizado em obras como "The Valley of the Moon" e "The Game" de Jack London, e mais recentemente em Telegraph Avenue de Michael Chabon, mas as verdadeiras pérolas literárias ficam noutros locais. Em especial, o Eugene O’Neill National Historic Site e a Casa Houseque foi o lar do único escritor americano que ganhou um Prémio Nobel, Eugene O'Neill. A casa da colina de O’Neill, onde escreveu "The Iceman Cometh" e "Long Day’s Journey into Night" pode ser alcançada a pé, a cavalo ou autocarro shuttle apenas desde Danville (não é possível fazê-lo num carro particular) e é necessário reservar.

  • Monumento para amantes de árvores: Muir Woods © Nara Won/Getty

    Palavras em ação

    John Muir partilhou o seu amor pela natureza através da sua escrita e inspirou muitas pessoas a proteger lugares selvagens da América, incluindo o antigo bosque de sequóias situado a norte de São Francisco, conhecido atualmente como Muir Woods.

    Reserve voos para São Francisco
  • Delicie-se com as temperaturas idílicas de San Diego durante todo o ano © Mitch Diamond

    Mundo aquático

    A cidade de San Diego é bem conhecida pelo estilo de vida veraneante californiano e pelas esplêndidas temperaturas de que goza durante todo o ano. Dirija-se a Mission Bay, um incrível parque aquático de 19 km2, cheio de surfistas, barcos à vela e margens ensolaradas.

    Descubra o que fazer em San Diego

Central Coast


A Costa Central está estreitamente relacionada com o vencedor do Nobel e do prémio Pulitzer, John Steinbeck, amplamente conhecido pela sua obra "Dust Bowl" que relata brilhantemente a difícil situação dos trabalhadores emigrantes agrícolas oprimidos na nativa Califórnia. Pare em Salinas para comer qualquer coisa na restaurada casa de estilo vitoriano, onde nasceu e cresceu este gigante da literatura, depois de explorar o maior museu americano dedicado a um único autor.

A uma hora para sul de Monterey, afastada dos ventos do Big Sur, encontrará a pequena cabana onde está instalada a Henry Miller Memorial Library, rodeada pelas sequoias da Los Padres National Forest. O autor de Trópico de Câncer, anteriormente proibido, viveu nesta zona durante 18 anos e a sua Memorial Library apresenta representações artísticas, peças de teatro e até mesmo concertos de rock com grandes bandas (como os Red Hot Chili Peppers) além dos livros e recordações de Miller.

Seguindo a costa, encontrará o majestoso Hearst Castle no alto de uma colina e longe das várias milhas da estrada principal. Este edifício foi construído para o magnata da imprensa William Hearst num local que tinha sido anteriormente utilizado como acampamento pela família durante anos. A maior parte da mansão tem uma arquitetura de inspiração mediterrânea e abrange mais de 90.000 pés quadrados com acabamentos e motivos opulentos raramente vistos nos Estados Unidos. Faça a excursão à noite com docentes do programa de História Viva, com trajes dos anos 30 que criam o ambiente de uma época passada, quando na mansão se recebiam convidados como Winston Churchill, George Bernard Shaw e Greta Garbo.

Califórnia do Sul

Conhecido como o poeta laureado dos que vivem à margem da sociedade americana, Charles Bukowski foi um escritor prolífero com uma vida difícil, que adotou Los Angeles como sua casa e os bairros de má fama da cidade como pano de fundo para o seu trabalho. Os arquivos literários mais recentes de Bukowski encontram-se na The Huntington Library (1151 Oxford Road, San Marino) e a excursão de autocarro ‘Haunts of A Dirty Old Man’ da Esotouric transporta os fãs pelo que resta da sua LA, com paragens para uma bebida em Skid Row e uma visita ao seu antigo local de trabalho, os Correios dos Estados unidos no Terminal Annex.

Mais a sul, em San Diego, cidade mais conhecida pelo SeaWorld, Balboa Park e surf do que pelo património literário, faça o seu próprio itinerário literário visitando marcos dos livros de crime e mistério do autor Don Winslow’s, como o livro de terror sobre surf, The Dawn Patrol. Uma paragem desta visita auto-guiada poderá incluir a Richard Nixon Library.

Encontre os nossos voos mais económicos para Los Angeles >

outros links

Logótipo da British Airways.