48 horas em Boston


Por Sunshine Flint

Fotografia de Denis Tangney Jr/Getty Images

Avançar para navegação

Fevereiro, 2017

A histórica cidade americana está cheia de cultura e património, desde a história do papel que desempenhou na Revolução Americana aos corredores de Harvard. O escritor local, Sunshine Flint, partilha as suas sugestões sobre onde comer, onde dormir e o que visitar em 48 horas na capital do Massachusetts.

Primeiro dia

Sinta-se em casa

Com vários voos diários para o Aeroporto Internacional Logan, em Boston, com partida de London Heathrow, terá muito tempo para fazer o check-in no hotel e sair logo a seguir para aproveitar ao máximo da sua estadia na cidade.

South End é um charmoso bairro de casas com janelas arqueadas, passeios em tijolo, galerias de arte, excelentes restaurantes, bares de ostras e vinho e bares estilo pub

Ficar no bairro de Back Bay é uma boa escolha para si porque é muito central, fica perto das principais atrações e é bem servido de transportes que o levam para outros pontos da cidade. O hotel The Fairmont Copley Plaza, com janelas arqueadas e toldos vermelhos, é um dos lugares mais distintos da cidade desde que abriu há mais de cem anos. O The Midtown Hotel é uma opção moderna com preços acessíveis que fica muito perto do bairro Back Bay.

Reserve voos para Boston >

  • Contemple a arquitetura de estilo colonial da Copley Square © Getty

    Sabia que...

    Boston tem o parque público mais antigo dos Estados Unidos da América. Os habitantes e visitantes frequentam o Boston Common para momentos de lazer e diversão desde 1634.

    Reservar voos
  • Delicie-se com os pratos de degustação no Little Donkey © David Ma

    Tapas irresistíveis

    Experimente o pão torrado com camarão ou o tártaro de carne Wagyu entre as várias opções do menu de cozinha de fusão. Acompanhe os pratos com cocktails assinados pela casa, como o Plymouth Street Harvest feito com centeio, Applejack e xerez.

    Descubra a cidade
  • Deixe-se encantar com a arte e antiguidades numa visita ao Isabella Stewart Gardner Museum © Nic Lehoux

    Momentos dedicados à arte

    Não perca a noite de quinta-feira do museu que fica de portas abertas até às 21h00. Informe-se sobre descontos, como por exemplo tem direito a descontos quando usar acessórios da equipa de basebol Red Sox ou no dia do seu aniversário.

    Book now

21h00 – Sair à noite

A sul dos bairros Back Bay e Copley, South End é um bairro charmoso de casas com janelas arqueadas, passeios de tijolo, galerias de arte e excelentes restaurantes, bares de ostras e vinho e bares estilo pub. Os bartenders do The Gallows, um gastropub perto do sítio onde eram realizados os enforcamentos na época colonial, fazem cocktails inéditos e criativos. Se preferir, visite o Banyan Bar + Refuge e experimente o delicioso menu de altas horas com opções inspiradas na gastronomia asiática.

Segundo dia

09h00 - Todos a postos

A Maratona de Boston aconteceu pela primeira vez em 1897 e é a maratona anual mais antiga do mundo. O seu hotel fica a apenas alguns minutos a pé da linha de chegada da Maratona, na Copley Square, em frente à imponente Boston Public Library, uma obra belíssima do Renascimento que foi construída, dois anos antes da Maratona, em 1895.

10:00 – Walk this way

Boston’s historic Faneuil Hall was built to house market stalls in 1742 and still does today. From here catch the Boston Old Town Trolley to the North End, now Boston’s Little Italy and home to numerous pre-Revolutionary sites. Grab a Stumptown coffee at the Thinking Cup and then tour the Paul Revere House. From there, follow the red bricks of the Freedom Trail to the Old North Church and onto Copp’s Hill Burying Ground. Hop back on the trolley at North Station and you’ll pass the Old State House, Boston Commons, and the Boston Public Gardens on your way back to Copley Square.

13h00 - Hora de ostras e marisco

Se visitar Boston, não pode perder o circuito gastronómico de marisco e frutos do mar da cidade. No bairro Back Bay, o Select Oyster Bar serve vieiras da costa local, lagosta e ouriço-do-mar do Maine, além de pratos de frutos do mar. No Saltie Girl, a cozinha apresenta uma variedade interessante de pratos salgados desde peixe fresco cru a anchovas enlatadas espanholas e sardinhas portuguesas. Depois do almoço aproveite para conhecer as lojas e boutiques que ficam na Newbury Street.

  • Aproveite para conhecer a exposição e o acervo cultural dos museus Harvard Art Museums © Nic Lehoux

    Arte pura e bela

    Os museus Harvard Art Museums são três museus num só, o Fogg, o Busch-Reisinger e o Arthur M. Sackler. As portas abrem todos os dias das 10h00 às 17h00, exceto nos feriados.

    Reservar voos e hotéis

15h30 – Para admirar

Apanhe a linha T (Green Line) do metro em direção à estação do Museu de Belas Artes de Boston e caminhe dois quarteirões até ao museu Isabella Stewart Gardner. O palácio e os claustros estão cheios de arte, têxteis, manuscritos e outros tesouros que Isabella Gardner recolheu ao longo da sua vida e podem ser admirados durante um par de horas. Se o seu nome for Isabella terá direito a entrada gratuita vitalícia no museu.

19h30 – Paraíso gastronómico

Se os chefs de Boston abrem restaurantes em Nova Iorque e no Dubai, é sinal de que a cena gastronómica da cidade está a dar cartas. Conheça e experimente os pratos do restaurante Townsman, onde o chef Matt Jenningsserve marisco apanhado nas águas da região e também produtos de charcutaria tradicional de Nova Inglaterra, tudo com ingredientes regionais e produtos da época.

22h00 – Noite de música ao vivo

A elevada população de estudantes em Boston (há mais de 35 universidades e faculdades na cidade) encheu dormitórios, apartamentos e casas partilhadas desde o bairro de Somerville ao bairro de Jamaica Plain. E onde há estudantes há música ao vivo. Se gosta de se divertir ao som de metal progressivo, música eletrónica indie ou reggae alternativo, procure os espaços frequentados por estudantes – o Paradise Rock Club e o Brighton Music Hall nos bairros de Allston e Brighton ou o conhecido Middle East em Cambridge.

Terceiro dia

10h00 – Atravessar o rio

Atravesse o rio Charles em direção a Cambridge e passeie no parque Riverbend Park, a área verde entre a estrada Memorial Drive (conhecida como Mem Drive entre os residentes) e o rio. Depois caminhe na rua JFK Street em direção à Harvard Square. A The Coop é a livraria da universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e os museus Harvard Art Museums também estão abertos ao público.

12h00 - Almoço na Ivy League

Esta praça tem várias cadeias de restaurantes que os estudantes gostam de frequentar. Não deixe de petiscar no Little Donkey na Massachusetts Avenue, o mais recente espaço de dois dos melhores chefes de Boston. Os dois levaram o restaurante Toro para Nova Iorque e Banguecoque, mas fica claro que o coração dos chefs continua em Boston.

15h00 – Em frente ao mar

O frio e cinzento Atlântico Norte é uma parte importante da geografia, da história e do clima de Boston e, durante a sua visita à cidade, vai passar muito tempo a passear no Boston Harbour ou a conhecer a história da Revolução Americana a bordo dos Boston Tea Party Ships,os navios restaurados Eleanor e Beaver. Nos meses de verão, um ferry leva visitantes a seis das ilhas da região do porto.

outros links
Logótipo da British Airways.