Avançar para navegação

Relações com a comunidade e caridade

O nosso vídeo de segurança, criado em colaboração com o Comic Relief tem uma nova versão. Celebridades incluindo Sir Michael Caine, Olivia Colman e Joanna Lumley juntaram-se para criar a segunda parte do vídeo de segurança da British Airways, que estará disponível a bordo a partir de julho.

Em 2010, a British Airways criou uma parceria global beneficente com a Comic Relief chamada Flying Start. Foi por isso que pedimos a ajuda deles para criar os novos vídeos de segurança e dizer-lhe, a si, por que é que o Flying Start é tão importante para nós.

Como

Queremos ajudar as crianças em algumas comunidades para onde voamos a ter a oportunidade de um futuro melhor. É por isso que 100% dos fundos angariados pelo Flying Start revertem diretamente para a Comic Relief, que financia muitos projetos em todo o mundo, incluindo no Reino Unido.

Os nossos clientes doam moedas estrangeiras que já não querem guardar quando viajam connosco, o que acrescenta muito tendo em conta que somos uma companhia aérea global. Graças à sua generosidade, desde 2010, o programa Flying Start já arrecadou £16,5 milhões em donativos a bordo.

As nossas equipas também estão empenhadas em angariar fundos e envolvem-se em desafios como, subir ao Monte Kilimanjaro, enfrentar o evento Tough Mudder ou organizar eventos de comédia e vendas de bolos.

Juntos, conseguimos atingir £16,5 milhões para o Flying Start para ajudar crianças desprotegidas
e vulneráveis no Reino Unido e no mundo inteiro.

Apoiar o DEC

O Disasters Emergency Committee reúne 13 instituições de caridade do Reino Unido em tempos de crise. O grupo angaria donativos através de campanhas de sensibilização para ajudar pessoas atingidas por catástrofes e desastres, certificando-se de que os fundos chegam a quem mais precisa.

Quando uma campanha do DEC  é lançada, utilizamos os fundos angariados para o Flying Start para a campanha do DEC durante 2 semanas, e mobilizamos formas de ajuda e voluntários em voos charter especiais.

O terramoto no Nepal, em 2015

O Flying Start angariou £322,000 para a campanha do DEC, há 2 anos, quando o Nepal foi devastado por um terramoto, deixando várias pessoas sem casa e sem bens de primeira necessidade. Na época, convidámos um dos nossos clientes a ver e entender como é que os donativos e fundos são distribuídos. Richard Parkinson faz parte da nossa equipa de Investimento Comunitário como juiz de atribuição da bolsa da instituição de caridade e é um passageiro frequente.