Londres clássica


Por Emine Saner

Fotografia de Ultraforma/Getty Images

Avançar para navegação

Updated June 2019

Get ready to discover London’s iconic side. With its striking landmarks, charming atmosphere and blend of new and old, visitors looking to explore the capital needn’t stray far from the centre. Follow our guide and plan to squeeze all the best bits of England’s capital into a whirlwind 48-hour trip.

sexta-feira

Evening - make your great escape

Book your flights to London and get ready to touch down in one of our major London airports, all you need to do is find the flight time to suit you.

Is it your first time visiting? Be our guest and stay close to the centre of London so you can make your way around London’s most exciting sights with ease. Stay close to the hustle and bustle of Oxford Street and book a classically luxurious break at The Langham – the hotel’s Palm Court restaurant kicked off the tradition of formal high teas, after all. Alternatively, the four-star Rembrandt in Kensington is just opposite the intriguing V&A Museum, and is just a short stroll away from Harrods.

Is it your first time visiting? Be our guest and stay close to the centre of London so you can make your way around London’s most exciting sights with ease.

Once you’re checked in and freshened up, make the most of your first evening by walking past Big Ben and over the Westminster Bridge. You’ll be able to spot some favourite London landmarks, including: The Houses of Parliament, the London Eye and St Paul’s Cathedral. On the south side of the River Thames, head for the Royal Festival Hall – get there before 19:00 and you might catch the end of a free concert. Go up to the second floor to the glamorous mid-century modern inspired Skylon Cloud 9 bar and order a classic glass of Möet or an Aphrodite – 12 Ketel one vodka, strawberry, Cointreau orange liqueur, citrus and sugar – with a view.

Descubra mais hotéis em Londres

  • The National Gallery, London. ©The National Gallery

    Seja "arty"

    The National Gallery was established in 1824 and is the seventh most visited museum in the world. The gallery is and has always been free to visit and some of the works of art on show include paintings by Turner, Constable and Cézanne.£87 pppn

    Reserve uma estadia no The Rembrandt
  • Beefeaters at the Tower of London ©Arthur Tilley/Getty Images

    Uma lição de história

    The White Tower is the oldest part of the Tower of London, built during Norman times. The Tower was once a prison and before Elizabeth I became queen, she was imprisoned here by her half-sister, Queen Mary I. It's now home to the Crown Jewels, which are on display for visitors.£62 return

    Book your flights to London
  • Picasso’s ‘Weeping Woman’ at the Tate Modern. ©Guy Bell / Alamy Stock Photo

20:00 – Late Tate

Walk along the south bank to Tate Modern. It stays open late on Fridays and Saturdays (the last admission is 21:15 and the closing time is 22:00), so it’s a good time to see the museum’s gems – don’t miss Picasso’s Weeping Woman – without having to elbow people out of the way.

21:30 – Jante peixe

Já deve estar com apetite! Nesta noite de sexta-feira, prove o clássico 'fish and chips' (peixe e batatas fritas) e beba uma caneca de London Pride no pub Anchor junto ao rio e a cinco minutos a pé do Tate Modern. Este pub foi sujeito a algumas remodelações (demasiadas, na opinião de alguns clientes mais assíduos) , mas ainda emana história. Diz-se que, em 1666, o cronista Samuel Pepys assistiu ao grande incêndio de Londres do outro lado do rio, neste mesmo lugar. A sua encarnação atual é mais recente: só tem 250 anos.

sábado

08:45 – O poder da torre

Chegue à Torre de Londres mesmo antes de ela abrir, às 09:00, e vá direto às Joias da Coroa, poderá até tê-las só para si por momentos. As grandes multidões chegam mais tarde durante a manhã, o que faz com que a primeira hora seja relativamente calma. Junte-se a uma das visitas guiadas pelos guardas reais (conhecidos como Beefeaters), que começam a cada 30 minutos, e procure os corvos, os guardiões históricos do antigo castelo.

12:30 – Parta pelo rio

Navegue ao longo do rio Tamisa num cruzeiro de 90 minutos de ida e volta, que parte do cais da torre para Westminster, apreciando mais alguns marcos icónicos da cidade enquanto se delicia com um chá da tarde.

14:00 – Vida na alta roda

Passe a Ponte de Londres, não a confunda com a Tower Bridge, e descubra o Borough Market, o paraíso para apreciadores comida com as suas bancas de mercado repletas de produtos artesanais. Depois de estar satisfeito, suba até ao topo do edifício mais alto da Europa ocidental e maravilhe-se com a sua vista sem paralelo de Londres a partir da Plataforma panorâmica do Shard, a uns estonteantes 243 metros acima da cidade.

  • Covent Garden à noite © Shomos Uddin/Getty Images

    Sabia que...?

    There has been some kind of market in Covent Garden since the 1600s. It acted as London’s central fruit and vegetable market until 1974, when it moved to Nine Elms. The current market building was built in the 1830s by architect Charles Fowler.£248 pppn

    Reserve uma estadia no The Langham

15:00 – Delícias de jardim

Salte para o autocarro 521 em direção a Aldwyc. Este irá passar pela Catedral de São Paulo. Saia aqui e faça uma caminhada até Covent Garden. Passe algum tempo a admirar as ruas pitorescas e o mercado ornamentado antes de rumar a oeste, descendo a Long Acre até Leicester Square, onde poderá comprar bilhetes baratos de última hora na área de vendas da TKTS no lado sul da praça.

17:00 – O momento da arte

A partir daqui, a caminhada até à National Gallery é curta. Poderia passar semanas aqui, mas esta terá de ser uma visita rápida, por isso, faça-a recorrendo ao audioguia que irá apresentar as 80 obras de arte de maior destaque, incluindo os Girassóis de Van Gogh. Beba uma chávena de chá e coma uma fatia de bolo no bonito café para repor energia antes de tomar o seu lugar num espetáculo do West End.

21:30 – Refeição após o teatro

J Sheekey, um restaurante de peixe e mariscos, escondido numa pequena rua perto de Leicester Square, é a cantina não oficial das estrelas dos palcos de Londres. O período que antecede a hora dos espetáculos é conhecido pelo seu serviço rápido para que chegue a horas ao subir do pano. Contudo, se lá for depois do espetáculo, poderá ver-se a jantar lado a lado com os atores que saem pela porta do palco. É necessário fazer a reserva de antemão. O principal restaurante é gloriosamente intemporal, com painéis de madeira nas paredes e toalhas imaculadamente brancas, mas se se sentar no bar (ou no bar menos formal adjacente, o Oyster Bar) conseguirá observar as pessoas com maior facilidade.

  • Cornish fish stew at J Sheekey. ©J Sheekey
  • The Wolseley. ©Corbin & King Restaurant Group Limited

    Grandes designs

    O edifício que agora serve de casa ao The Wolseley abriu incialmente como um stand de automóveis em 1921, antes de ser transformado num banco. O seu interior majestoso é agora o espaço de um dos restaurantes mais aclamados de Londres.

    Reserve uma escapadinha urbana em Londres
  • Afternoon tea at The Savoy Hotel. ©AccorHotels.

    O chá da tarde tipicamente britânico remonta a 1840 e foi inventado para contornar a fome entre o almoço e o jantar. Apesar de existirem várias variantes, o chá da tarde normalmente é composto por pequenas sanduíches, scones com doce e natas e ainda bolos.

    Descubra o que fazer em Londres

domingo

08:00 – Pequeno-almoço de reis

Uma das melhores alturas para ver Londres é na manhã de domingo, bem cedo, com as ruas sem tráfego e a cidade limpa e fresca. Vale a pena sacrificar uns minutos de repouso e levantar-se mais cedo da cama. Vá até ao The Wolseley e coma ovos Benedict ou uma cesta de produtos de pastelaria acabados de fazer no reluzente grande café ao estilo vienense. Seguramente o pequeno-almoço mais glamoroso da cidade.

09:15 – Visite a rainha

Reserve a primeira visita do dia para ver as Salas de estado do Palácio de Buckingham. A residência da rainha em Londres fica a poucos minutos do The Wolseley se atravessar o Green Park. Se chegar cedo, dê uma volta pelas ruas que rodeiam o bonito St James’s Park. Certifique-se de que repara na bandeira que está hasteada. Se for o Estandarte Real, a rainha está no palácio. Gira bem o tempo. Deverá estar a sair do palácio com antecedência suficiente para ver a cerimónia do render da guarda que normalmente ocorre às 11:30, todos os dias, durante o verão, e de dois em dois dias, no resto do ano.

13:00 – Almoce no Dinner

It can take weeks to get an evening reservation at Heston Blumenthal’s Michelin-starred restaurant 'Dinner' at the Mandarin Oriental hotel in Knightsbridge, but it’s much easier to get a table at lunch. Blumenthal’s menu is historic and British, with dishes inspired by recipes going back hundreds of years. It could well turn out to be the priciest lunch you’ve ever had – but also the most exciting.

O café do Victoria & Albert Museum é uma escolha muito mais económica. Diz-se que este é o café de museu mais antigo do mundo. Serve refeições ligeiras e refeições mais substanciais em três bonitas salas ou no lindíssimo jardim do pátio, no verão.

15:00 – Vozes angelicais

A maioria dos turistas faz a visita completa da Abadia de Westminster, mas uma forma diferente de vivenciar uma das mais importantes e históricas igrejas do mundo (onde as coroações ocorrem desde 1066 e onde estão sepultados vários e reis e rainhas, bem como figuras notáveis como Charles Darwin e Charles Dickens) é assistir ao serviço Evensong. Não verá a maior parte do edifício (irá rapidamente entrar e sair mais tarde), mas ouvir um dos melhores coros do mundo cantar música coral de grande qualidade neste espaço é algo que irá recordar para sempre.

16:00 – Pontualidade britânica

Time to wander through Parliament Square, past statues of Nelson Mandela, Winston Churchill and Abraham Lincoln, and take in views of the Houses of Parliament and Big Ben (or the Elizabeth Tower, to give it its proper name – Big Ben is the nickname of the bell). Although you won’t hear Big Ben bong (due to conservation work), you’ll still get a glimpse of this iconic clock tower.

17:30 – Doce, natas… ou ambos?

After a packed weekend, you’ll be ready for a rest. Finish off the weekend with a pre-flight afternoon tea. The Savoy is known for its impeccable finger sandwiches, classic scones with jam and clotted cream, and some of the finest cakes in town – all served under the beautiful glass domed roof of the Thames Foyer. Booking is recommended, and don’t wear trainers or sportswear. But it’s worth it for a classic British ending to a classic London weekend.

Onde ficar

Rembrandt

Just opposite the Victoria & Albert, the four-star Rembrandt offers a place to relax after active days out and about – unwind in the spa, then take afternoon tea in the lounge.

Reserve uma estadia no The Rembrandt

The Grosvenor

Take a break at the four-star Grosvenor, close to many of London’s most iconic sights. Return after sightseeing days for a cocktail or glass of Champers in the Reunion bar.

Reserve uma estadia no The Grosvenor

The Langham

For a slice of luxury, choose to stay at The Langham – for its fabulous location, opulent spa and award-winning afternoon tea.

Reserve uma estadia no The Langham